Casa 20

Casa de vila com tranquilidade na rua, acesso ao transporte com facilidade e projeto de arquitetura na medida certa. 

É essa a situação que encontramos na Casa 20. A construção original da casa, da década de 40, foi transformada preservando a fachada e volumetria iniciais, mas permitindo que todo espaço interno mudasse tornando os ambientes mais iluminados, aconchegantes e sociáveis. 

Diferente da distribuição convencional de funções pelos andares, o projeto de arquitetura levou a cozinha e sala de estar para o andar superior do sobrado e deixou dormitórios e escritório no térreo. Essa inversão permitiu mais privacidade aos quartos ao mesmo tempo que fortalece o uso de áreas comuns e o encontro entre seus habitantes e amigos. 

Ficha técnica:

Projeto: Tânia Helou e Melissa Kawahara

Localização: Pinheiros, São Paulo - SP

Área: 104m²

Obra: EngeArk Construtora

Período de obra: Jul./2017 a Mar./2018

Fotografia: Marina Rago

A vila mantém a fachada de todas as casas preservadas conforme a construção original, de 1928. 
Na Casa 20, portas e janelas foram restauradas para manterem o charme mas funcionarem como novas.

Logo na entrada da casa uma escada feita com madeira de demolição indica o caminho ao andar superior. 

Embaixo, ficam os quartos, jardim e lavanderia.

Sala de jantar e de estar conectadas e com abertura para a varanda. A porta camarão abre todas as folhas para fazer uma integração completa com a área descoberta.

A casa conta com automação em todos seus ambientes. As cortinas podem ser comandadas por keypads ou celulares, facilitando a adaptação dos ambientes aos diferentes usos. 

A parede de divisória com o vizinho foi mantida em tijolo aparente, mostrando a construção original. 
No alto dela uma pequena linha deixa transparecer a estrutura do novo telhado, que conta com um tirante para auxiliar seus esforços. 

O ladrilho hidráulico modelo Linha, desenho da Metro, reveste todo andar superior e o hall de entrada no térreo. 

Os metais dos banheiros foram banhados em cor similar ao cobre e as bancadas dos banheiros foram feitas em Quartzite Blue Imperial. 

Varanda do andar superior - integração total entre espaço interno e externo.

As prateleiras do escritório foram feitas em serralheria chumbada na parede, conseguindo uma espessura extremamente leve.

O piso dos quartos, assim como a escada, foram feitos com madeira de demolição. A Marcenaria da Fazenda, responsável por todo trabalho em madeira da casa, retira e trata antigos assoalhos de fazendas coloniais para reinstalá-las em novos projetos.

A banheira é feita em Corian, material feito com uma mistura de acrílico e minerais naturais que permite diferentes formatos. Na Casa 20 a banheira foi feita como um pequeno ofurô, com paredes mais inclinadas que uma banheira convencional.

O Jardim dos fundos da casa foi revestido com piso drenante na área seca, e seixo rolado na área com vegetação.

O acesso aos quartos se dá por um porta de ferro de correr. Todos os caixilhos da casa foram feitos em serralheria. 

Engeark Construtora

Rua Libero Badaró, 377 - Conj. 1906      Centro, São Paulo - SP

  • Grey Instagram Ícone